1. Condições de participação
O Explore Santa Maria Trail Run – Trail das Vindimas, doravante designado como Trail das Vindimas, é um evento de trail-running organizado pelo Município de Vila do Porto, que decorre na ilha de Santa Maria e que integra duas provas: 25x2 Individual e 25x2 Equipas;

 

1.1. Idade mínima de participação nas diferentes provas

A idade mínima para participar no evento é de 18 anos, feitos até à data de início da prova.

 

1.2. Escalões de participação

O Trail das Vindimas prevê a seguinte divisão em escalões:

Individual 25 km x 2 Equipas 25 km x 2
Geral masculinos Geral
Geral femininos Masculino
Sen. Femininos (18 -39) Feminino
Veteranos Femininos (+40) Misto
Sen. Masculinos (18 -39)  
Veteranos Masculino (+40)  

A data de referência para integração dos/as atletas em cada escalão será 31/12/2018 (por exemplo : um/uma atleta que nasceu a 10/10/1978 integra o escalão Veteranos)

 

1.3. Inscrição

A inscrição no Trail das Vindimas implica compreender e aceitar sem reservas as regras e o regulamento da prova, ou seja :

- Efetuar corretamente a inscrição na plataforma indicada pela organização;

- Preencher e devolver o Contrato de Adesão disponível para download na ficha de inscrição, devendo este ser enviado para o correio eletrónico geral@santamariatrailrun.com. Este contrato é uma mera formalidade, devido à natureza jurídica da entidade organizadora do evento.

- Proceder ao pagamento do preço de adesão por atleta (€15.00), quer esteja a competir individualmente ou em equipa, sendo que o mesmo terá de ser efetuado através de transferência bancária num prazo de 5 dias e o envio do respetivo comprovativo de pagamento deverá ser enviado para o correio eletrónico geral@santamariatrailrun.com;

- Preencher o Termo de Responsabilidade que lhe é entregue no ato de check in da prova no dia 22 de setembro das 09h00 às 11h30.

A adesão ao serviço Trail das Vindimas inclui:

- A participação efetiva no Trail das Vindimas nos dias 22 e 23 de setembro, na modalidade de 25 x 2 Individual ou 25 x 2 Equipas;

- O acesso a um kit de material no ato do check in (dorsal e a t-shirt de participação) e no final da prova (prémio finisher e os prémios de classificação);

- O acesso aos vários postos de abastecimento no percurso da prova;

- O acesso a um seguro de responsabilidade civil e de acidentes pessoais durante a vigência do serviço, o qual garante a cobertura mínima das suas responsabilidades, das dos/as seus/as colaboradores/as e participantes;

- A pernoita no Parque de Campismo da Praia Formosa do/a atleta e da sua tenda a custo zero nas noites de 21 a 23 de setembro (montagem e desmontagem da responsabilidade do atleta);

- O jantar do dia 22 de setembro e o almoço do dia 23 de setembro.

 

1.4. Condições físicas

Os/as atletas devem:

- Estar conscientes da distância e das particularidades da prova em que vão participar e estarem suficientemente treinados para concluírem a mesma;

- Saber enfrentar problemas físicos e mentais resultantes de fadiga, problemas digestivos, articulares e dores musculares, etc.;

- Ter a consciência de que não é papel da organização ajudar um/a atleta a ultrapassar estes problemas e que tal depende principalmente da sua capacidade em se adaptar às situações problemáticas decorrentes deste tipo de evento.

 

1.5. Ajuda externa / Assistência pessoal

Aos/às atletas nas provas 25x2 Individual e 25x2 Equipas é permitido receber assistência pessoal dada apenas junto dos postos de abastecimento das provas.

É estritamente proibida toda e qualquer ajuda externa fora dos locais de abastecimento das provas.

 

1.6. Colocação do peitoral

O peitoral deve estar permanentemente visível durante toda a prova, ou seja, deve ser posicionado sobre a roupa, na zona do peito ou do abdómen e não pode ser, por qualquer razão, fixado sobre a perna ou nas costas. O nome e o logótipo dos/as parcerias não podem ser modificados ou escondidos.
Somente os/as atletas com peitoral visível terão acesso aos postos de controlo/abastecimento.
A não observância destas regras acarreta a penalização prevista no número 2.11.

 

1.7. Regras de conduta desportiva

O Trail das Vindimas é um evento que promove, acima de tudo, o fair play e camaradagem. É fundamental que os/as atletas ajudem qualquer pessoa em perigo e alertem o posto de controlo mais próximo ou a organização.

A organização reserva-se ao direito de excluir da corrida, mesmo antes do seu início, qualquer atleta que, através do seu comportamento, condicione a gestão e/ou o bom funcionamento do serviço. Caso isso ocorra, o/a atleta não será reembolsado.

As condutas antidesportivas serão sancionadas de acordo com o seu grau de gravidade, conforme o estipulado no número 2.11.

 

2. Prova

2.1. Organização

O Município de Vila do Porto é a entidade organizadora do serviço Trail das Vindimas, que decorrerá de 22 a 23 de setembro de 2018 na Ilha de Santa Maria, Arquipélago dos Açores.

Devido a razões de logística o Trail das Vindimas é limitado a cerca de 100 participantes, (50 na prova 25x2 Individual e 50 na prova 25x2 equipas). A organização reserva-se ainda ao direito de alterar o número de vagas por razões de segurança ou por qualquer outro motivo que possa afetar o bom funcionamento do serviço.

A seguinte descrição pretende dar uma orientação genérica dos percursos, mas não especifica em pormenor os mesmos, assim como, por vezes, faz uso da toponímia popular, pelo que a organização rejeita qualquer responsabilidade que possa advir da leitura da mesma:

- A partida da Etapa 1 será dada às 15h00 do dia 22 de setembro (sábado), nas vinhas do lugar dos Anjos. Os atletas seguem em direção à estátua de Cristóvão Columbo e iniciam a subida pelo percurso pedestre da Costa Norte PR1SMA, com passagem pela Baía da Cré, Barreiro da Faneca, Baía do Raposo e Bananeiras.
A partir deste ponto a subida continua utilizando o percurso pedestre da Grande Rota de Santa Maria GR01SMA, em direção ao Pico Alto, com passagem pelo caminho florestal do Alto, Casa do Guarda e marco geodésico do Pico Alto.
Chegados ao ponto mais alto da ilha com 587 metros de altitude, os participantes iniciam a descida pelo caminho do Pico Alto, até ao entroncamento com a Estrada Regional EN1-2A.
Voltando à esquerda em direção à paragem dos Picos e seguindo pelo caminho de terra batida liga a Cruz dos Picos ao lugar do Forno.
Neste ponto os atletas seguem à direita pelo caminho municipal do Forno, em direção à Cruz São Mor, voltando novamente à direita para iniciar a subida pelo caminho do Gamito, que levará os participantes ao lugar da Fontinhas (reta da Estrada Regional EN1-2ª).
A partir deste ponto seguem pela Estrada Regional EN1-2A em direção à Reserva Florestal das Fontinhas. Após passagem pela Reserva, voltam à direita na curva da Estrada Regional (junto aos Plátanos) em direção ao lugar das Casas Velhas.
A fase final faz-se maioritariamente a descer e novamente pelo percurso pedestre da Grande Rota de Santa Maria GR01SMA através do Caminho Velho dos Barreiros, até chegar à Estrada Municipal Praia/Fonte Jordão. Daqui o percurso faz-se pelo leito da Ribeira da Praia, passando pelo Forte de São João Baptista e marginal da Praia Formosa.
A meta está instalada no Parque de Campismo da Praia Formosa.

- A partida da Etapa 2 será dada às 08h30 do dia 23 de setembro (domingo), no Farol de Gonçalo Velho, em direção à Baia da Maia. A partir da Maia, a subida até ao centro de Santo Espirito é feita pelo percurso pedestre da Grande Rota de Santa Maria GR01SMA, contemplando a passagem pelos quarteis de vinha da Maia, Risco da Maia e antigo moinho de vento da Lapa.
Chegados à Igreja de Santo Espirito os atletas seguem pela Rua do Museu, continuando a percorrer a Grande Rota de Santa Maria GR01SMA, em direção à Baía de São Lourenço, com passagem pelo Caminho do Pico, Santo António, Caminho do Boquete, Azenha de Baixo e Salto. A descida para São Lourenço é feita pelos quarteis de vinha da Ponta Negra.
A partir deste ponto o percurso é realizado através do trilho municipal da Areia Branca. A subida em direção ao centro de Santa Barbara é feita pelas vinhas da Fajãzinha, com passagem pela Terra Velha e caminho do Cemitério.
Chegados à igreja de Santa Barbara os participantes mantém a subida através do Caminho da Boavista, percorrendo toda a cumeeira até ao Pico Alto, ponto mais alto da ilha com 587 metros de altitude.
A partir deste ponto o percurso faz-se maioritariamente a descer, seguindo pelo trilho do Avião em direção ao Farropo.
Após entroncamento com a Estrada Regional EN1-2ª, a descida prolonga-se através do trilho das Raízes até à bifurcação do Farropo. Voltando à direita os atletas seguem em direção à Praia Formosa até à Estrada Regional. A fase final faz-se pelo leito da Ribeira da Praia passando pelo Forte de São João Baptista e marginal da Praia Formosa.
A meta está instalada no Parque de Campismo da Praia Formosa.

Os percursos das duas etapas Trail das Vindimas atravessam zonas pertencentes às freguesias de Vila do Porto, Santa Bárbara, Santo Espirito, São Pedro e Almagreira.

Por razões de força maior, os percursos e horários são suscetíveis de serem alterados. Todas as alterações serão anunciadas com a devida antecedência no site oficial e redes sociais.

 

2.2. Apresentação do Trail das Vindimas

O Trail das Vindimas prevê duas modalidades de prova:

2.2.1. 25x2 Individual

A organização reserva 50 lugares para atletas que pretendam realizar individualmente a extensão total da prova (50 km), repartidos por duas etapas, sendo que a 1.ª etapa realizada no dia 22 de setembro de 2018 e a 2.ª etapa no dia 23 de setembro de 2018.

2.2.2. 25x2 Equipas

A organização reserva 50 lugares (25 equipas) para atletas que pretendam constituir equipas de 2 elementos, da qual um/a atleta realizará a 1.ª etapa no dia 22 de setembro de 2018 e o/a outro/a atleta realizará a 2.ª etapa no dia 23 de setembro de 2018.

2.2. Programa e Horário

O programa previsto e horário encontram-se discriminados abaixo. Por razões de força maior, os horários e locais poderão sofrer alterações. Todas as alterações serão anunciadas com a devida antecedência no site oficial e redes sociais.

Segunda, 18 de junho de 2018
14h00 - Apresentação oficial do Trail das Vindimas

Domingo, 24 de junho de 2018
Abertura das inscrições

Sexta, 15 de Agosto de 2018
Data limite de inscrições (sujeito a alterações)

Sábado, 22 de setembro de 2018
09h00 às 11h30 - Secretariado - Check-in (Parque de Campismo)
11h30 - Briefing sobre a prova para todos/as os/as participantes e comunicação social (Parque de Campismo)
12h00 às 13h45 – Almoço Livre
14h00 – Concentração dos/as atletas ( Parque de Campismo)
14h10 – Transporte pela organização de todos/as os/as atletas (Parque de Campismo - local de partida da 1ª etapa - lugar de Anjos)
15h00 – Partida da 1.ª etapa do Trail das Vindimas
21h30 – Jantar para todos/as os/as atletas ( Parque de Campismo)
22h30 – Momento Cultural (Parque Campismo)
23h30 – Recolher no Trail Camp

Domingo, 23 de setembro de 2018
06h00 – Pequeno-almoço para os/as atletas (Parque de Campismo)
07h00 – Concentração dos/as atletas (Parque de Campismo)
07h30 – Transporte pela organização de todos/as os/as atletas ( Parque de Campismo - local de partida da 2ª etapa - lugar de Maia)
08h30 – Partida da 2.ª etapa do Trail das Vindimas
14h30 – Almoço para todos/as os/as atletas ( Parque de Campismo)
15h30 – Cerimónia de entrega de prémios Trail das Vindimas
16h00 - Encerramento

Nota: Por razões de força maior, os horários e locais poderão sofrer alterações.

 

2.3. Distância (categorização por distância) / altimetria (desníveis positivo e negativo acumulados) / categorização de dificuldade ATRP

Provas Distância Desnível positivo Desnível negativo Tempo máximo Categorização Grau de dificuldade
1ª Etapa 25 Km 1029 m 1011 m 6h00 - -
2ª Etapa 25 Km 1370 m 1426 m 6h00 - -

 

2.4. Mapa/ Perfil altimétrico/ descrição percurso

Os percursos do Trail das Vindimas são maioritariamente compostos por caminhos, trilhos, veredas, estradas florestais não asfaltadas e pequenas extensões de asfalto. Utilizam vias públicas, quer seja em estrada ou fora de estrada, atravessam sítios e vilas e utilizam acessos de serventias que passam por propriedades privadas.

Os percursos não estarão, pois, fechados para as provas e nesse sentido os/as atletas devem ter em consideração o facto de poder haver viaturas, pessoas e animais a circular num e noutro sentido nos percursos das provas.
Os percursos das duas etapas atravessam algumas estradas e, por vezes, cruzam-nas na perpendicular. O atravessamento deve merecer a máxima atenção por parte dos/as atletas.

Haverá locais dos percursos em cujos caminhos poderão existir portões ou cancelas que os/as atletas terão de abrir e fechar. Sempre que um/a atleta se depare com um portão ou cancela fechada deve deixá-la da forma que a encontrou, ou seja fechada.

A organização disponibilizará os tracks GPS dos percursos das provas. Contudo, prevalecerá sempre a sinalização colocada no terreno.

A organização sinalizará o percurso com fitas sinalizadoras. É imperativo seguir os caminhos sinalizados sem tomar atalhos. Os/as atletas, se deixarem de ver sinalização durante aproximadamente 500 metros, deverão voltar para trás até encontrar novamente a respetiva sinalização. O bom senso deverá imperar.

1ª Etapa

 

2ª Etapa

2.5. Tempo limite

As barreiras horárias são calculadas para permitir aos/às atletas alcançar a linha de meta no tempo limite imposto, contabilizando já as possíveis paragens (descanso, abastecimentos, etc.). Todos os postos de abastecimentos terão barreiras horárias.

Para serem autorizados/as a continuar em prova, os/as atletas devem sair do posto de controlo antes do seu encerramento, caso contrário, serão impedidos/as de prosseguir e, consequentemente, serão desclassificados/as.

Qualquer atleta excluído da prova e que deseje continuar, só pode fazê-lo entregando o peitoral, que será reentregue no final da prova ao/à atleta, prosseguindo à sua própria responsabilidade e em completa autonomia.

Por razões de força maior (meteorológicas e/ou de segurança), a organização reserva-se ao direito de alterar as barreiras horárias.

Foram calculados os seguintes limites:
- Tempo Limite de Conclusão da prova - 06h00;
- Tempo Limite de passagem pelo posto de abastecimento - 03h00.

 

2.6. Metodologia do controlo de tempos

Será utilizado o sistema de fotocélulas + vídeo (final da prova) e controlo manual nos postos de controlo.

 

2.7. Postos de controlo

Os postos de controlo são pontos obrigatórios de passagem e estão localizados em locais delineados pela organização. Em cada um destes controlos estará um/a responsável da organização.

Não controlar um ou mais pontos de controlo, levará à desclassificação do participante.

Durante a prova poderão existir “controlos-surpresa” de forma a assegurar o cumprimento integral do percurso. A sua posição, obviamente, não será comunicada pela organização.

Os abandonos devem ser feitos única e exclusivamente nos postos de abastecimento. Na eventualidade de um acidente ou lesão em que o/a atleta esteja imobilizado/a e não consegue alcançar um posto de abastecimento, deve ativar a operação de salvamento, entrando em contacto com a organização.

O número de contacto da organização, para efeitos de emergência, estará impresso no peitoral do/a atleta e deverá ser igualmente gravado antecipadamente no telemóvel deste/a (Prof. Henrique Melo – diretor de prova – 917 376 029).

A organização reserva-se ao direito de alterar a qualquer momento o percurso e a posição dos postos de controlo sem aviso prévio. Em caso de condições climáticas fortemente adversas a partida pode ser atrasada no máximo duas horas, período após o qual, a prova é cancelada. Não haverá direito a reembolso.

Durante a prova, em caso de mau tempo, e por razões de segurança, a organização reserva-se ao direito de modificar as barreiras horárias e, ou, de suspender, reduzir, neutralizar ou parar a prova. Não haverá direito a reembolso.

 

2.8. Locais dos abastecimentos

Os postos de abastecimento irão disponibilizar aos/às atletas comida e bebida (água, isotónico, laranjas, bananas, amendoins, salgados e bolo) para ser consumida no local. Eventualmente poderão ser colocados outro tipo de alimentos nos abastecimentos.

Haverá primeiros socorros posicionados nos postos de abastecimento. É fundamental que os/as atletas ajudem qualquer pessoa em perigo, alertem o posto de controlo mais próximo e/ou contatem a organização.

Os/as atletas devem acatar as decisões do pessoal de socorro especializado.

 

2.9. Material obrigatório/ verificações de material

Aquando do check-in os/as atletas terão de apresentar todo o material obrigatório, listado no presente número.

Durante a competição, todos/as os/as atletas têm de se fazer acompanhar da totalidade do material obrigatório. Em qualquer momento durante a prova, os/as diretores/as ou chefes de controlo podem verificar o mesmo. O/a atleta terá de aceitar estes controlos de forma pacífica, sem contestar, sob pena de ser excluído/a da prova, de acordo com a lista de penalizações no número 2.11.

Material obrigatório 25x2
Individual
25x2
Equipas
Peitoral (fornecido pela organização) – a ser colocado no peito ou abdómen do atleta e visível durante a totalidade do percurso X X
Mochila ou equipamento similar X X
Depósito de água ou equivalente de 0,50L litro de capacidade, mínimo X X
Casaco impermeável/Corta Vento X X
Telemóvel operacional para efetuar/receber chamadas X X
Apito X X
Copo (a organização não cederá copos nos abastecimentos) X X
1 Lanterna / Frontal, com pilhas de substituição (1.ª Etapa da prova)
*No caso de lanternas a bateria, garantir a autonomia da mesma
X X

 

Fortemente Recomendado
Bastões
Boné/Buff
Protetor solar
Quantia em numerário (para fazer face a algum imprevisto)

Qualquer atleta que inicie a competição com bastões, terá de transportá-los até à linha de chegada. É expressamente proibido ter acesso ou abandonar os bastões em qualquer parte do percurso.

Por questões de segurança, é recomendável aos/às atletas que façam a verificação do seu material, no intuito de confirmarem que está em perfeitas condições para a realização da prova.

 

2.10. Informação sobre passagem de locais com tráfego rodoviário

Uma vez que não haverá corte de tráfego rodoviário, os/as atletas devem cumprir com as regras de trânsito em cidades e estradas de uso público, assim como respeitar as áreas agrícolas e propriedades privadas, sob pena de terem de assumir potenciais danos e indemnizações resultantes do seu incumprimento.

A organização não se responsabiliza por potenciais danos e indemnizações resultantes do desrespeito por parte dos/as atletas em áreas agrícolas e propriedades privadas.

 

2.11. Penalizações / desclassificações

A direção da prova e os/as chefes de controlo presentes nos postos de controlo são responsáveis pela aplicação das regras e regulamento que rege o Trail das Vindimas, e por isso estão autorizados/as a aplicar as penalizações e desclassificações estabelecidas na tabela abaixo.


Infração (do mais para o menos gravoso) Sanção a aplicar
Não prestar assistência a um participante que esteja a necessitar de ajuda Desclassificação e Erradicação de futuras edições
Abandonar a prova sem avisar a organização Desclassificação e Erradicação de futuras edições
Partilhar o peitoral com outra pessoa, durante parte ou na totalidade do percurso Desclassificação e Erradicação de futuras edições
Partilhar o peitoral com outra pessoa, durante parte ou na totalidade do percurso Desclassificação e Erradicação de futuras edições
Utilizar transporte não autorizado (boleia) Desclassificação e Erradicação de futuras edições
Faltar gravosamente ao respeito para com a organização ou outros participantes (agressão ou insulto) Desclassificação e Erradicação de futuras edições
Retirar sinalização do percurso Desclassificação e Erradicação de futuras edições

Doping

Desclassificação e Erradicação de futuras edições
Desobedecer às medidas de segurança indicadas pela organização e entidades associadas Desclassificação
Recusar a apresentação do material obrigatório quando solicitado pela organização. Desclassificação
Não possuir o seguinte material obrigatório: peitoral; mochila ou equipamento similar; depósito de água ou equivalente de 0,5 litro de capacidade no mínimo; manta térmica (min. 100 x 200 cm); apito; casaco impermeável; telemóvel operacional 1 lanterna / frontal com pilhas de substituição; Desclassificação
Exceder o tempo limite de controlo nos postos de controlo com barreira horária Desclassificação
Falhar um ou mais postos de controlo Desclassificação
Fazer-se acompanhar de animais Desclassificação
Fazer-se acompanhar de animais Desclassificação
Atirar lixo para o chão Desclassificação
Ter acesso ou abandonar os bastões em qualquer parte do percurso entre a partida e a chegada. Desclassificação
Utilizar caminhos que não os sinalizados para a prova, desde que não representem atalhos intencionais. Penalização de 1 hora
Receber ajuda externa fora das áreas definidas pela organização Penalização de 30 minutos
Fazer-se acompanhar por pessoas não acreditadas pela organização, exceto nas áreas definidas pela organização Penalização de 1 hora
Modificar, dobrar ou ocultar o material publicitário Penalização de 1 hora
Peitoral não visível ou afixado na perna Penalização de 15 minutos
Desistência de 1 elemento da equipa Penalização ao colega com o tempo do último classificado + 15 minutos na etapa não cumprida

 

O diretor da prova, com base no seu próprio julgamento, tem o direito de desclassificar ou não permitir a permanência em prova dos/as atletas que, em qualquer momento, se encontrem numa das seguintes situações:

- Problemas de saúde física ou mental;
- Abuso ou violação intencional deste regulamento;
- Comportamento antidesportivo;
- Ingestão excessiva de álcool;
- Participação na prova sob a influência de drogas alucinogénias;
- Expresse desrespeito grosseiro pelo meio ambiente (incluindo o lançamento deliberado de embalagens de barras, géis ou outros materiais);
- Mostrar sinais de desprezo grosseiro contra os regulamentos de trânsito.

 

2.12. Responsabilidades perante o/a atleta / participante

Os/as atletas inscritos/as no Trail das Vindimas aceitam participar voluntariamente e sob a sua própria responsabilidade na competição.

Concordam em não reclamar ou exigir à organização, colaboradores/as, autoridades, parceiros/as e outros/as atletas qualquer responsabilidade com os/as mesmos e seus/as herdeiros/as, em tudo o que exceda a cobertura das suas responsabilidades, da dos/as seus/as colaboradores/as e atletas.

 

2.13. Seguro desportivo

A organização subscreve um seguro de responsabilidade civil e de acidentes pessoais durante a vigência do evento. Este seguro garante a cobertura mínima das suas responsabilidades, das dos/as seus/as colaboradores/as e atletas.

Os valores das coberturas e franquia do seguro de acidente pessoais serão anunciados até 15 dias antes do início do Trail das Vindimas.

 

3. Trail Camp

A organização propõe a todos/as os/as atletas a pernoita no Parque de Campismo da Praia Formosa, freguesia de Almagreira, de 22 para 23 de setembro.

Apesar de não ser um factor limitativo para a participação dos/as atletas nas provas, a organização gostaria de concentrar o máximo número de atletas a pernoitar no Parque de Campismo, onde decorrerá o jantar de dia 22 e animação cultural, bem como, o almoço do dia 23 e respetiva entrega de prémios.

A inscrição na prova possibilita o acampamento dos/as atletas e sua tenda de forma gratuita entre as noites de 21 a 23 de setembro (montagem e desmontagem da tenda da responsabilidade do atleta).

Os familiares poderão também fazer parte do Trail Camp, podendo usufruir da pernoita na tenda do/a atleta. Em situações em que os familiares pernoitam nas suas próprias tendas, estarão sujeitos aos valores em vigor praticados pelo Parque de Campismo.

No ato de inscrição do/a atleta haverá um campo onde estes/as poderão adicionar os familiares aos Trail Camp com as diversas opções e preços de participação.

 

4. Dúvidas e omissões

Dúvidas ou omissões relativas à aplicação do presente regulamento serão resolvidas pelo Diretor de Prova, Chefe de Segurança ou Executivo da Câmara Municipal de Vila do Porto, consoante o assunto e a sua gravidade.